Aula aberta: “No Principio era o Verbo” com Imara Reis

Na aula aberta “No Principio era o VERBO” a atriz e diretora Imara Reis abordará o aprimoramento do uso da palavra, da expressão verbal, na prática da atividade Teatral. Assim como a ampliação da consciência da “gestalt”, da respiração e, portanto, da pontuação, bem como do valor da questão semântica. Do quanto o sentido tem a ver com sentimento e emoção assim como com o nexo e o significado.

Ultimamente é muito comum irmos ao Teatro e ouvirmos um texto cujo sentido nos escapa. Percebe-se, com alguma dificuldade, a linha de significado pelo TODO da frase ou mesmo da cena, e não pela clareza do que está sendo dito. Como se estivéssemos diante de uma língua semelhante ao português mas que não chegamos a reconhecê-la em sua totalidade. Atenção, não estou me referindo a regionalidades ou a “falas” específicas de determinado grupo social ou classe. É um fenômeno anterior que denota o despreparo de muitos para a expressão oral em suas amplas possibilidades. Há também uma certa dificuldade de leitura e apreensão das várias camadas significativas de um texto; percebe-se a ausência da noção de polifonia e polissemia.

Quando ampliamos o conhecimento de nosso instrumento fundamental de trabalho, a palavra, melhoramos a nossa consciência, não só do que nos singulariza como proporcionamos ao ator um nítido enriquecimento de seus potenciais criativos e expressivos. E o que nos especifica como atores, além é claro de todo um repertório de atividades físicas, emocionais e lúdicas, é –principalmente- o uso sensível e criativo da PALAVRA.

Quando: 26/09 das 19:30 as 22:30
Local: Escola Nacional de Teatro _ Unidade Centro
Investimento: R$ 20,00 (não alunos) R$ 10,00 (alunos da E.N.T)

Deixe seu comentário